quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

Avanço internacional: MAN Latin America amplia exportações em 31%





A MAN Latin America amplia sua presença internacional com alta de 31% nas exportações em 2017 na comparação com o ano anterior: foram 8.479 embarques ao exterior, ampliação significativa sobre as 6.500 vendas de ônibus e caminhões registradas em 2016. O resultado é o maior dos últimos cinco anos e foi alcançado graças a grandes sucessos produzidos na fábrica da MAN Latin America em Resende (RJ), como o VW Constellation 17.280, caminhão campeão de vendas na Argentina, e os Volksbus 17.230, 15.190 e 18.280 Low Entry.


A Argentina, maior mercado internacional da empresa, celebra outro marco: com 3.882 embarques, registra o maior lote de todos os tempos, com alta de 57,5% em relação aos 2.464 de 2016. O Uruguai é outro destaque: com 224 unidades enviadas, a MAN Latin America lidera as vendas naquele país.

México e Chile também figuram como os principais destinos dos caminhões e ônibus brasileiros, além de Bolívia, onde os caminhões VW são os favoritos no transporte de bebidas, Paraguai, que recentemente ganhou uma nova casa em Assunção, onde fica a sede da Diesa, representante naquele país, e dos países da América Central, com a nova estrutura própria de Vendas e Assistência Técnica.

“Nossa Engenharia está sediada no Brasil, perto dos maiores mercados da América Latina. É capaz de criar produtos sob medida para os mercados onde atuamos. De nossa fábrica em Resende (RJ), saem veículos completos e kits destinados a mais de 30 países. E os caminhões e ônibus Volkswagen ainda se destacam pelo melhor TCO, o custo total de propriedade”, diz Roberto Cortes, presidente e CEO da MAN Latin America.

E não faltam boas perspectivas ao avanço internacional da MAN Latin America neste novo ano: em março a nova família Delivery desembarcará na Argentina e no Chile e já a partir de maio começará a ser produzida na fábrica de Querétaro, no México, segundo país a fabricar a linha de caminhões leves.

Há também novidades no continente africano, com o início das vendas dos caminhões Volkswagen Worker 15.180 e 17.220 montados em Ibadan, na Nigéria, numa parceria da MAN Latin America com o grupo Leventis, importadora local dos produtos da marca Volkswagen Caminhões e Ônibus.

“Os caminhões Volkswagen são os líderes de vendas no mercado brasileiro e mostram que podem chegar cada vez mais longe, conquistando a preferência nos mais diversos mercados mundo afora. Além disso, consolidamos nossa estrutura de atendimento, pós-vendas e também ampliamos nossas linhas de montagem mundialmente, para atender sob medida não apenas os clientes do Brasil, mas de todo o mundo”, completa Cortes.

Presente em mais de 30 países, a MAN Latin America já ultrapassou a marca de 136 mil veículos exportados ao longo de seus 36 anos de história. Com fábricas em Resende (RJ) e Querétaro, no México, a montadora também envia kits SKD de modelos Constellation e Volksbus para a parceira MAN Truck & Bus na África do Sul, e agora abre mais uma linha de produção no continente africano.

Fonte: Comunicação MAN Latin America






quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

Negócios de peças registram alta na Volkswagen Caminhões e Ônibus em 2017

•        Alta em faturamento deriva principalmente de conquista de clientes
•        Linha econômica tem crescimento de 35%

Crescimento de mais de 5% em faturamento e aumento de quase 20% nas vendas aos potenciais consumidores: a MAN Latin America, fabricante das marcas Volkswagen Caminhões e Ônibus e MAN, fechou 2017 com saldo bastante positivo em seus negócios de peças e acessórios, frente aos resultados do ano anterior. A expansão se deve em grande parte à conquista de clientes, atraídos pela ampliação da oferta da montadora, a partir do lançamento de linhas mais econômicas.

“Em 2018, mais opções de peças com essas características deverão chegar ao mercado. A perspectiva é continuar em ritmo acelerado graças não só à recuperação da economia, mas sobretudo a novidades que vamos ter no campo de remanufaturados para reduzir ainda mais o custo total de operação (TCO) de nossos clientes”, revela Roberto Cortes, presidente e CEO da MAN Latin America.


Um dos principais trunfos do portfólio atual é a linha Economy, lançada oficialmente no ano passado para clientes nacionais e internacionais, com custos bastante inferiores, e mantendo a robustez e garantia da marca Original Volkswagen. São mais de 60 componentes dentro desse conceito, abrangendo desde lonas de freio, filtros de ar e de combustível e tambores de freio a kits de embreagem.

À linha Economy pode-se atribuir significativa participação no avanço de quase 20% nas vendas por veículo da frota circulante, adquiridos nos últimos seis anos e considerados como mercado em potencial pela montadora. “O portfólio com peças mais econômicas agradou a clientes com frota mais antiga e os levou de volta às concessionárias para comprar novamente”, analisa o executivo. O produto mais pedido nesse segmento foi a família de filtros.

Exportações em alta

Os números positivos consideram também as vendas para mercados internacionais: o faturamento em dólar a outros países chegou a crescer 19%. Entre os destaques, a Argentina, que passou a apostar mais nas peças de reposição originais Volkswagen em decorrência da recuperação econômica no país e do aumento das vendas dos veículos comerciais da marca.

Seguindo o movimento da Argentina, Chile, México, África do Sul e Nigéria também contribuíram para os negócios de peças e acessórios da Volkswagen Caminhões e Ônibus no cenário internacional.
Excelência em estrutura para crescer ainda mais

Além de oferecer peças com custos reduzidos, a MAN Latin America tem investido de forma consistente para avançar em eficiência logística, com modernização de equipamentos e processos. Isso impacta diretamente no tempo de entrega, qualidade e custo-benefício, com significativa melhora, para tornar seus itens ainda mais competitivos para o mercado de reposição.

O setor de Peças e Acessórios é responsável por enviar e comercializar componentes de reposição para abastecer a rede de cerca de 150 concessionárias em todo o Brasil, além dos 30 países para os quais a empresa exporta seus veículos.

Antes de chegar a cada uma das concessionárias da MAN Latin America, cada componente de reposição segue um percurso estrategicamente estabelecido, que garante que a peça esteja no lugar e tempo certo para os veículos VW e MAN.

E a viagem começa justamente no Centro de Distribuição de Peças do Grupo Volkswagen em Vinhedo (SP), considerado um dos maiores do setor na América Latina: são 132 mil m² de área dedicada à armazenagem de componentes, sendo 32 mil m² exclusivos das marcas VW Caminhões e Ônibus e MAN.

Fonte: Comunicação MAN Latin America

quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

Caminhões VW Delivery e Constellation são os mais vendidos do mercado brasileiro

•    Delivery 8.160, 10.160 e Constellation 24.280 foram os três modelos mais emplacados no Brasil em 2017
•    MAN Latin America tem o caminhão favorito mais vendido do país há onze anos consecutivos
•    Expectativa positiva para 2018 com a entrada no segmento de 3,5 toneladas



Com três modelos no topo das vendas no mercado brasileiro de caminhões em 2017, a MAN Latin America celebra o marco de favorita no país. Com 2.407 emplacamentos, o VW Delivery 8.160 foi o modelo mais vendido do Brasil, seguido de perto pelo irmão VW Delivery 10.160, segundo no ranking, com 2.137 unidades, e pelo VW Constellation 24.280, terceiro colocado, com 2.097 licenciamentos, de acordo com números do Renavam.
A expectativa para 2018 é positiva com a ampliação da linha Delivery, com seis novos modelos e a estreia da montadora no disputado nicho de 3,5 toneladas. Menos de três meses após seu lançamento oficial no salão Fenatran em São Paulo (SP), os novos Delivery já se aproximam das 1.000 unidades comercializadas.
O VW Constellation 24.280 também merece destaque: é o caminhão semipesado mais vendido do Brasil. Indicado para serviços rodoviários de média e longa distância, conta com motor MAN D08 de 277 cv de potência e 1.050 Nm de torque, dispensa o uso do Arla 32 e se mostra ainda mais vantajoso para esse perfil de operação, além de facilitar o processo de implementação.
“Há onze anos consecutivos temos o caminhão mais vendido do Brasil. Estamos no topo do mercado brasileiro e sempre de forma responsável, assegurando o futuro de nossa rede de concessionários, fornecedores e principalmente encantando os consumidores”, diz Roberto Cortes, presidente e CEO da MAN Latin America. Único brasileiro no Board da Volkswagen Truck & Bus, que agrega as marcas de veículos comerciais do Grupo Volkswagen, o executivo também comemora o bom momento da empresa.

“Nunca deixamos de acreditar no Brasil. Foi nele que a marca Volkswagen Caminhões nasceu, há 36 anos. E aqui investimos há 22 anos consecutivos, sem um único ano de interrupção. Da inauguração da fábrica de Resende (RJ) ao atual ciclo de investimentos de R$ 1,5 bilhão até 2021, damos nossa importante contribuição à indústria e à engenharia brasileiras, com histórias de sucesso em toda a América Latina, África e Oriente Médio”, completa Cortes.
 
Vendas de ônibus
 
Enquanto as vendas brasileiras de ônibus cresceram 5% em 2017, a MAN Latin America comercializou mais 21% em comparação com o ano anterior. As 2.176 unidades equivalem a 18,5% de participação, garantindo a vice-liderança histórica no país desde a chegada dos modelos Volksbus, marca que em 2018 completará 25 anos de existência. Hoje, 17 modelos são ofertados, de miniônibus a chassis rodoviários.
 
Inaugurada em 1º de novembro de 1996, a fábrica de Resende (RJ) hoje produz mais de 60 diferentes modelos de caminhões e ônibus, oferecidos em mais de 30 países. Desde 2004, a MAN Latin America também monta caminhões e ônibus Volkswagen e MAN no México. E parcerias de manufatura consolidam presença na África, com linhas de montagem na África do Sul e Nigéria.

Fonte: Comunicação Man Latin America

quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

MAN Latin America prioriza saúde para investimentos sociais


Seis instituições de saúde receberam, ao longo de 2017, investimentos da MAN Latin America, cuja estratégia é concentrar a maior parte de seu apoio social em promover qualidade de vida à população, especialmente de Resende, onde se localiza a fábrica das marcas Volkswagen Caminhões e Ônibus e MAN. Em 2018, os aportes terão continuidade e já têm destino certo.
O objetivo é sempre aprimorar as condições e ampliar a quantidade de pessoas beneficiadas. Entre as entidades apoiadas, estão a Santa Casa de Misericórdia e a maternidade Apmir, ambas tradicionais na cidade e de grande relevância no atendimento aos moradores da região do Sul Fluminense.


Favorecer a população é o objetivo da empresa. “Apesar das dificuldades que a indústria ainda enfrentou em 2017, mantivemos nossos investimentos sociais porque entendemos que é uma questão de praticar nossa cidadania. Buscamos retribuir o que recebemos da cidade de Resende e acreditamos que o acesso a um sistema de saúde de qualidade é pré-requisito para uma sociedade mais desenvolvida”, explica Roberto Cortes, presidente e CEO da MAN Latin America.
Para o prefeito da cidade, Diogo Balieiro, os investimentos demonstram a seriedade da política de responsabilidade social desenvolvida pela montadora. “O acesso à saúde é um dos pilares do bem-estar e de uma sociedade melhor. É gratificante ter uma empresa como a MAN Latin America apoiando causas que são tão importantes para nós”, afirma.
Modernizar para ampliar acesso à saúde
Mais antiga instituição de Resende na área de saúde, a Santa Casa recebeu equipamentos de ponta doados pela MAN Latin America para cirurgias e monitoramento cardíaco e respiratório. O investimento também contemplou aparatos industriais para agilizar e otimizar os serviços de higienização na lavanderia da instituição, fundamentais para a segurança hospitalar.


Já na maternidade Apmir, o segundo ciclo de investimentos envolveu a instalação de aparelhos de ar condicionado na unidade de tratamento intensivo (UTI) neonatal, inaugurada este ano após construção pela MAN Latin America. Hoje o hospital tem quinze leitos em sua UTI neonatal e estão todos aparelhados com tecnologia de referência na área.
Apoio prioriza também pessoas com deficiência
Na Pestalozzi de Resende, que visa promover educação e inclusão social de pessoas com deficiência, a MAN Latin America financia projeto para atendimento domiciliar dos pacientes, gerando também apoio às famílias. Fisioterapeuta, psicólogo e assistente social visitam as casas para consultas e orientações. O próximo passo é envolver um profissional de nutrição.


A montadora também investe em outros tratamentos terapêuticos, inclusive os não-convencionais. Com o apoio ao programa Gente Eficiente, voltado ao atendimento multidisciplinar de pessoas com deficiências, o intuito é criar oportunidades de inserção em atividades físicas, esportivas e de lazer. Para isso, doou equipamentos de fanfarra e uniformes aos integrantes. Em 2018, mais contribuições já estão confirmadas.
O mesmo se observa nos recursos aplicados na Hiporte, cujo objetivo é utilizar a equitação como terapia para maior conscientização corporal, equilíbrio e coordenação motora, além de desenvolvimento intelectual e psicológico. O apoio mensal da MAN Latin America permite expandir o número de jovens em tratamento.
Fonte: Comunicação MAN Latin America

quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

Rota Constructor é novidade da Volkswagen Caminhões para construtoras


Com mais de 60% de participação de mercado em 2017 na aplicação de betoneiras, a Volkswagen Caminhões se mantém líder de vendas há três anos neste segmento e fortalece sua estratégia para oferecer os maiores diferenciais às empresas de construção civil.
O Rota Constructor é a mais recente novidade da montadora para o setor: profissionais da marca visitam diferentes concessionários e clientes para um test drive exclusivo, com um pacote atrativo para aquisição de novos caminhões.
O carro-chefe da iniciativa, realizada em parceria com a Allison, é o modelo do Constellation 26.280 Constructor com transmissão automática da fornecedora, disponibilizado para os testes de direção.
No entanto, todos os caminhões vocacionais da Volkswagen estão envolvidos no projeto, com condições comerciais ainda mais competitivas.
Em mais de dez eventos, ao todo, a caravana já passou por seis cidades do Estado de São Paulo: além da capital, Araraquara, Campinas, Jundiaí, Ribeirão Preto e Sorocaba, todas com atuação relevante no setor. A proposta agora é expandir para outros estados.
“O Rota Constructor é mais um ferramenta que criamos para nos aproximar do setor e levar as melhores soluções de negócio até os clientes. Temos um portfólio robusto e uma oferta diferenciada, que inclui até parceria com implementadores para um regime especial de vendas”, explica Vinicius Arantes, engenheiro de Marketing do Produto da MAN Latin America.
Caminhões sob medida
Preparados para betoneiras, os caminhões Constellation 26.280 e 31.280 são configurados para entregar o melhor desempenho à operação, com Tomada de Força Traseira no Motor (Repto), Escape Vertical, Suspensão Reforçada, Pneus de uso Misto, dentre outros importantes itens. As mais recentes novidades no portfólio são o Constellation 32.360 e o 24.260 Constructor Basculante.

Há também modelos para as atividades de apoio: o Constellation 15.190 é ideal para autobomba e o Constellation 31.330 atua como bomba-lança em construções de grande porte.
As opções também contemplam cavalos-mecânicos para demandas de cargas maiores. O Constellation 25.420, atrelado a uma carreta de três eixos, transporta areia para essas concreteiras. Já o MAN TGX 29.480 se acopla a um rodotrem para carregar silos de cimento.
A flexibilidade da montadora é um dos grandes atrativos para os clientes, com veículos desde trações 4x2 a 8x4, podendo chegar inclusive ao 10x4 como bomba-lança de concreto. Entre as unidades já comercializadas nessa configuração, está um Constellation 31.390 operando em grandes obras do Sudeste e do Nordeste, com 58 metros de alcance.
Pacote Robust reforça oferta
A família vocacional Constructor também vai estar disponível à venda a partir de janeiro com o pacote Robust, que dá nova cara aos modelos Constellation e amplia sua vocação para o trabalho pesado.

Com o melhor custo de aquisição traz a robustez necessária para quem precisa de um caminhão com durabilidade e baixo custo de investimento.
Graças ao novo design do parachoque, curto e metálico, os modelos Robust terão maior ângulo de entrada, o que amplia sua vocação para encarar os mais difíceis terrenos.

Fonte: Comunicação MAN Latin America

segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

Caminhões VW: a postos para manter a energia elétrica ativa na temporada de chuvas na capital paulista

Eletropaulo reforça frota com 13 unidades do modelo VW 15.190 versão Worker que recolhem e compactam galhos de árvore


A poda das árvores e o cuidado para que não comprometam a rede de distribuição elétrica redobram no verão, estação caracterizada por fortes chuvas. E a Eletropaulo já está pronta: acaba de reforçar sua frota com 13 novos caminhões Volkswagen 15.190, equipados com sistema que recolhe, tritura e compacta os galhos de árvore, otimizando as viagens e tornando a operação mais eficiente.
“Cada viagem no caminhão equipado com o sistema equivale a 27 viagens de outro veículo convencional, que apenas recolhe os galhos. Isso porque, ao triturar a carga, reduz seu volume e potencializa a manutenção nas ruas”, explica Luis Alberto Rezende Valério, coordenador de Gestão de Frotas da Eletropaulo.
“Ou seja, são dois equipamentos num só: temos o triturador, que compacta a carga, e o caminhão, que transporta aos ecopontos, com os quais temos parceria”, explica o coordenador.
Segundo Valério, a escolha pelos caminhões VW para desempenhar essa importante missão focou a robustez e o custo-benefício dos veículos da marca. “Os VW são cerca de 30% mais econômicos que a concorrência. E além de serem muito confiáveis, eles contam com um suporte excelente da rede de concessionários. A Dibracam, que nos atende, realiza frequentemente cursos e treinamentos para nossas equipes”, reforça.
“O nosso diferencial é o atendimento específico ao setor em parceria com a rede de concessionárias, pois exige profissionais dedicados tanto na área de venda, engenharia e pós-vendas. O cliente deste segmento precisa cada vez mais de um caminhão customizado e preparado para o tipo de atividade, que é bem específica. Graças a este foco, ampliamos nossa participação em 35% nos últimos anos”, comenta Antonio Cammarosano, diretor de Vendas de Caminhões da MAN Latin America.
O Worker 15.190 é ideal para operações urbanas, conferindo também agilidade e rapidez aos serviços rodoviários de curtas e médias distâncias. Um de seus principais diferenciais é o motor MAN D08 de 4,6 litros, quatro cilindros e potência de 190 cv, sistema de injeção Common Rail e tecnologia EGR, que dispensa o uso do Arla 32.
Oferece excelente desempenho mesmo em baixas rotações e garante benefícios como retomadas de velocidade, baixo consumo de combustível e menor emissão de poluentes. A transmissão Eaton de seis marchas com acionamento a cabo, proporciona maior conforto ao motorista e maior durabilidade ao sistema de embreagem.
Fonte: Comunicação MAN Latin America

quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

Nova família Delivery tem configurações sob medida para o cliente



A nova família Delivery chega ao mercado com o mesmo conceito que consagrou a marca Volkswagen Caminhões e Ônibus:  “menos você não quer, mais você não precisa”. É por isso que o cliente pode escolher a configuração de seu veículo entre três versões — Prime, Trend e City —, de acordo com o que vai entregar a maior produtividade para sua operação.
 
“A nova geração Delivery foi projetada para definir um novo patamar no atendimento às necessidades do cliente em todas as suas configurações. O espaço interno é um marco da categoria de 3,5 a 13 toneladas: verificamos itens ergonômicos para o maior conforto e aperfeiçoamos as dimensões para as melhores soluções. O que varia nas três opções de configurações são as funcionalidades oferecidas”, explica Ricardo Yada, supervisor de Marketing do Produto da MAN Latin America.
 
A versão City traz a robustez necessária para quem precisa de um caminhão com durabilidade e baixo custo de investimento. Mesmo nesta opção, o novo Delivery não abre mão de itens funcionais para conforto do motorista, como coluna de direção multirregulável e aquecimento interno.
 
Já a configuração Trend é sob medida para o dia a dia do tráfego urbano, agregando a aba protetora do parabrisas (conhecida como boné), tanque de 150 litros, banco com suspensão pneumática e piloto automático.
 
O pacote Prime é o mais completo. Nessa opção, o caminhão soma diversos itens de conforto e sai de fábrica também com ar-condicionado, trio elétrico para vidros, travas e retrovisores. Outro item adicional são os faróis auxiliares de neblina, tornando-o o modelo mais completo do mercado.


 
 Capacidade de carga também é diferencial no mercado
 
Além das três opções de configuração disponíveis para toda a nova linha Delivery, outro diferencial dos modelos da família está na capacidade de carga frente à concorrência.
 
Os caminhões foram “construídos em cima da balança”, procurando otimizar ao máximo sua carga útil. Dessa forma, os novos integrantes da Volkswagen transportam em média até 10% a mais em peso e com volume superior em até 15%.
 
O Delivery 13.180, por exemplo, é mais leve que sua versão anterior e tem a maior capacidade de carga de sua categoria, transportando até 800 quilos a mais que o seu principal concorrente e com uma plataforma maior.
 
O mesmo cenário favorável se repete nos outros modelos da linha, que garantem vantagens em capacidade de carga ou volume transportado. Isso se traduz em mais produtividade para o transportador.

Fonte: Comunicação MAN Latin America